MARILYN MONROE: UM DESAPONTAMENTO TRISTE NA FACE DELICADA DE UM SORRISO

marilyn-01

O espetáculo apresenta uma dualidade: de um lado a boneca, que insiste que seu manipulador deve mudar o enfoque do espetáculo para uma abordagem que coloque Marilyn Monroe como uma mulher comum, explorando a vida de Norma Jeane Mortenson, seu nome de nascimento. Do outro, o bonequeiro, que insiste em abordar o mito sexual Marilyn Monroe. Essa diferença de perspectiva entre os personagens sobre qual será a abordagem do espetáculo, trás fragmentos das poesias escritas pela atriz. Enquanto a boneca propõe um enfoque feminista, o manipulador não abre mão de explorar a história do maior mito do cinema mundial. Esse debate entre “manipulador e manipulada” resulta com a demonstração de necessidade e afeição entre eles.

Texto: Duli Borges

Confecção e Manipulação da boneca: André Guedes

Design Gráfico: Adriana Guimarães

Produção e Realização: Cia. Goliardos

Fotos: André Guedes

ticket